domingo, 10 de julho de 2011

Mais uma dose de bom senso.

Num mesmo instante em que a palavra é dita, ela vem carregada de emoções. Seu peso é percebido assim que chega aos ouvidos de quem a mesma foi dirigida. Necessário que um cuidado seja tomado, pois uma palavra é tão dolorosa quanto uma faca afiada que é cravada no peito deste.

Mas quem aqui toma cuidado com o que diz?


Seria hipocrisia minha dizer que penso antes de falar, neste mesmo instante já utilizei o backspace (aquela tecla para apagar) algumas vezes.

O poder das palavras. As mesmas que destroem, podem muito bem construir, basta que sejam ditas de forma entendível e clara. Um coração partido, uma mente suicida, um momento de opressão ou até mesmo palavras duras em voz de veludo (citando Hebert).

Cuidado com o que diz, para quem diz. Pois quem escuta, pode não escutar tão bem (e não falo de surdez).

This is your song.

Abraços calorosos... Dan.

3 comentários:

anti eu mesma ana-tômica disse...

I hope you don't mind

Dan disse...

I hope you don't mind that I put down in words
How wonderful life is while you're in the world

Anna D'Ávilla disse...

Que lindo isso...